Seminário sobre Adoção

Infelizmente, no Brasil, e por incrível que isso possa parecer, a adoção ainda é um grande “tabu” no meio evangélico, um assunto que sem duvida precisa ser tratado.
Quando estivemos com nossos filhos em Kalamazoo, nos EUA, sentimos que ao cruzarmos com os negros americanos, eu com minha filha Keila, de apenas cinco anos e de mão dada comigo, despertávamos mais olhares de reprovação (minha filha é negra) justamente entre os negros.
Verifiquei então que mesmo lá, o racismo é fomentado tanto pelos negros quanto pelos brancos, e é evidente que não é generalizado, pois nós mesmos, como latinos que somos também teríamos sido.
Pois bem, a adoção é algo importante de ser vivido e traz benefícios a qualquer familia.
Nosso seminário sobre adoção visa trazer algumas experiências que temos vivido e fomentarmos a adoção entre as famílias, especialmente entre os casais que buscam informações sobre o assunto.
Pudemos encaminhar diversas crianças para adoção e constatamos a benção que isso representou.
O Seminário fala dos caminhos para a adoção no Brasil, fala de exemplos e embasamento bíblico, fala também de discriminação e crueldade mesmo de alguns cristãos ao tratarem com a situação.
Você pode nos convidar para este Seminário em sua Igreja, nos enviando um e-mail para:
secretaria@ageas.com.br
ou nos ligando, pelos fones:
(16) 3017-1904 ou (16) 9160-9870.
Infelizmente, no Brasil, e por incrível que isso possa parecer, a adoção ainda é um grande “tabu” no meio evangélico, um assunto que sem duvida precisa ser tratado.
Quando estivemos com nossos filhos em Kalamazoo, nos EUA, sentimos que ao cruzarmos com os negros americanos, eu com minha filha Keila, de apenas cinco anos e de mão dada comigo, despertávamos mais olhares de reprovação (minha filha é negra) justamente entre os negros.
Como que reprovavam um “branco” adotar um filho negro.
Meu pastor, homem de Deus e já falecido, quando minha esposa Irene e eu lhe manifestamos o nosso desejo de adotar um filho, nos mostrou total aversão, nos dizendo que era algo muito perigoso, que a criança poderia herdar coisas ruins de seus pais biológicos, etc.
Éramos muito jovens e, embora respeitando e amando nosso pastor, refutamos esta visão lhe lembrando que Caim e Abel tiveram o mesmo pai e atitudes bem distintas, ele nos disse então que éramos “cabeça-dura”.  Atualmente, depois de tantos anos absolutamente não nos arrependemos de ter adotado nossos filhos, que nos deram e nos dão tanta felicidade e orgulho.
Nosso filho mais velho, Fábio, já completou 37 anos, nossa filha Keila tem 32 anos, se casou e recentemente se tornou mãe.
Pois bem, a adoção é algo importante de ser vivido e traz benefícios a qualquer família.
Mas existem muitas perguntas e este Seminário sobre Adoção pretende responder a algumas delas, visando trazer algumas experiências que temos vivido e fomentarmos a adoção entre as famílias.
Quando tivemos o Orfanato Lar da Criança pudemos encaminhar diversas crianças para adoção e para diversos lugares do Brasil e constatamos a benção que isso representou.
O Seminário fala dos caminhos para a adoção segundo a legislação brasileira, fala ainda de exemplos e sobre o embasamento bíblico  bem como da  discriminação e crueldade mesmo de alguns cristãos ao tratarem com a situação.
Você pode nos convidar para ministrarmos este Seminário em sua Igreja, nos enviando um e-mail para: secretaria@ageas.com.br
Cartaz Seminário sobre Adoção

Cartaz Seminário sobre Adoção

Download Cartaz Maior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *