Capelania Fúnebre

CLIQUE NA IMAGEM

Capelania Fúnebre

Existem diversas formas de se atuar na Capelania Fúnebre, ou Cemiterial, vamos citar alguns exemplos que vivenciamos ou testemunhamos.

A Tanatologia é o estudo cientifico da morte, e a morte tem sido objeto de especulações as mais diversas.

Pretendemos aqui apresentar uma abordagem cristã bíblica sobre o assunto.

A primeira condição para atuar neste tipo de Capelania é avaliar previamente o que vai fazer, qual a metodologia adotar, vamos exemplificar algumas delas e comentar cada uma:

1 – Distribuição de Folhetos.

Primeiramente se deve escolher cuidadosamente o folheto utilizado, que seja pertinente.

Algumas igrejas organizam grupos e vão distribuir folhetos em cemitérios, geralmente em dia de finados.

Ocorre porém que, ainda que a intenção seja boa, na maioria das vezes não existe um treinamento e os grupos, em sua maioria compostos por jovens, saem pelo cemitério brincando, correndo, fazendo piadas e distribuindo folhetos, sem observar o sentimento das pessoas e o clima de tristeza que contrasta com o clima de brincadeira.

Isso é falta de educação, portanto se deve orientar a quem vá a cemitério para distribuir folhetos a que mantenha uma postura discreta e sóbria, que não agrida o ambiente, que aborde educadamente as pessoas e fale baixo e carinhosamente, sem jamais criticar a postura religiosa de quem quer que seja, criticando velas ou imagens ou preces.

Simplesmente apresente Jesus e fale sobre a vida eterna, não discuta dogmas ou temas delicados, exceto se for absolutamente propício e haja interesse real por parte do interessado.

Nossa primeira missão neste tipo de capelania é levar conforto e empatia.

2 – Distribuição de mídias.

Certa feita em um Cemitério vi algumas pessoas distribuindo alguns DVDs, que continham musicas cristãs e passagens bíblicas referente a morte e vida eterna.

Em nosso Curso de Capelania nós disponibilizamos este CD de musicas e mensagens aos nossos capelães.

Este material é muito útil quando temos de comparecer a velórios pois podemos deixar estas mensagens tocando e em si já são palavras bíblicas que ficarão gravadas nas mentes e corações dos presentes.

3 – Visitação a velórios.

Em alguns Cemitérios existe uma área destinada a velórios, e se pode passar pelos diferentes velórios e educadamente perguntar se os presentes, especialmente os familiares, desejam receber uma oração e uma leitura bíblica.

Caso existam outros religiosos já presentes evite a abordagem, localize apenas os que estiverem sem assistência.

Igualmente se pode deixar folhetos.

4 – Capelania em Crematório

Diferente dos velórios que geralmente duram muitas horas, em crematórios as cerimônias são bem rápidas e sequenciais, saem familiares de um falecido e em seguida já entram os familiares de outro falecido, tudo muito rápido.

Nesse caso, se não houver ninguém para o Ofício Fúnebre e a família aceite, faça uma leitura rápida e uma oração, Cinco minutos ou no máximo dez minutos, nada de pregação, deixe a Palavra de Deus produzir o seu fruto no tempo certo por meio do Espirito Santo.

5 – Capelania osa familiares.

Sei de um pastor que tem um ministério muito peculiar, ele comparece aos funerais e depois de três dias visita os familiares em suas casas.

Isso é muito importante pois as famílias ficam entorpecidas diante da morte e demora alguns dias para, como se diz na gíria popular, “cair a ficha”, ou seja, se aperceberem de fato da falta do falecido e nesse momento geralmente estão sós.

Assim sendo esse pastor sabiamente se faz presente juntamente com sua esposa, leva um prato qualquer e vai tomar um café com a família enlutada.

Existem outras formas de trabalho, mas não podemos nos alongar neste post.

Conclusão:

Lembremos que somente o Espirito Santo pode consolar aos corações enlutados, mas nós podemos estar ao lado, com um abraço, um afago, ainda que sem encontrar palavras para dizer, bastando estar ali presente.

Este é um Resumo do nosso Módulo de Capelania Fúnebre.

Pr. Daniel Ferreira

AGEAS Agencia Evangélica de Ação Social

http://www.ageas.com.br

http://www.cursodecapelao.com.br

http://www.igrejaatuante.com.br

 

 

 

 

Gostou deste Post, veja também estes...

Mini Curso de Visitação Hospitalar by Pr. Daniel Ferreira on April 25th, 2017
Este é um Mini Curso de Visitação Hospitalar, onde o Pr.

Acessibilidade na Igreja by Pr. Daniel Ferreira on November 18th, 2017
Acessibilidade na Igreja Uma das perguntas mais comuns que recebemos é a de como adaptar um banheiro para cadeirantes na igreja.

Manual de Acessibilidade para Igrejas by Pr. Daniel Ferreira on September 30th, 2016
O convívio com pessoas especiais em diversos tipos de ambientes me fez observar como estas pessoas são tratadas no ambiente da igreja, e em especial nas igrejas evangélicas.

Curso de Capelania em sua Igreja, saiba como. by Pr. Daniel Ferreira on March 13th, 2017
Por que um Curso de Capelania se faz necessário? 1 - Para inspirar e motivar as pessoas que desejam exercer o ministério cristão fora das igrejas (hospitais, prisões, escolas, empresas, quarteis, repartições públicas, etc.

O amor não tem cor by Pr. Daniel Ferreira on November 18th, 2016
Um casal britânico tomou as páginas de jornais do mundo inteiro após o nascimento da sua mais recente filha.

Related Posts with Thumbnails

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *